12/06/2020 às 03:00 Comemoração Diversidade Lifestyle

{Toda Forma De Amor} Especial Dia Dos Namorados

1260
6min de leitura
O Dia Dos Namorados como deve ser celebrado com diversidade, liberdade e representatividade acompanhado de muito AMOR!   

Mas, afinal o que é o AMOR?

“Amor é um sentimento de carinho e demonstração de afeto

que se desenvolve entre seres que possuem a capacidade

de o demonstrar.

O amor motiva a necessidade de proteção e pode se

manifestar de diferentes formas: amor materno ou paterno,

amor entre irmãos (fraterno), amor físico, amor platônico,

amor à vida, amor pela natureza, amor pelos animais, amor

altruísta, amor próprio, e etc.”

Assim, chegamos a conclusão que o amor é o sentimento

de maior versatilidade que conhecemos… Nele, a vida

simplesmente não passará em branco, e com ele, o mundo

torna-se infinito para todos os nossos sonhos, pois sempre

haverá de existir AMOR!

A seguir 3 tipos de casais diferentes mas com o mesmo propósito: dar e receber AMOR.

A bandeira LGBTQ+ que todos conhecemos lembra o fenômeno natural, arco-íris, cada cor tem um significado, rosa: a sexualidade, vermelho: a vida, laranja: a cura, amarelo: a luz do sol, verde: a natureza, azul: a serenidade e a harmonia e por fim, violeta: o espírito.

Mehcen & Enghel

Começou por um match no aplicativo Tinder cerca de uns 3 anos e meio atrás, mas na época não chegaram nem a conversar por lá, até que um dia o Enghel viu o Mehcen em uma festa e chegou nele pra conversar, mas não rolou nada de mais, porém continuaram a conversar nas redes sociais. Depois disso, perceberam vários gostos e interesses em comum e a conversa passou a ser todo dia e cada vez mais havendo proximidade dos dois, até que ficaram pela primeira vez e começamos a ficar em quase todas as festas que se viam, mas nada muito sério...

Até que dito e feito, se apaixonaram e obviamente não deu certo de primeira, até porque moravam em cidades diferentes. Todavia, na segunda se entregaram pro amor x distância, sendo complicado porque sentiam muito a falta um do outro é claro, mas faziam de tudo para estarem sempre conectados e aproveitando o máximo quando estavam juntos cada momento. Passado um tempo, Enghel resolveu se mudar pra cidade de Mehcen, ficando em sua casa até achar um lugar pra morar, nisso começaram a se acostumar com a presença um do outro e Enghel foi ficando, ficando, e hoje moram juntos com dois gatinhos adotivos, o Nico e a Diana, os filhos felinos mimados do casal.

Há quase 2 anos juntos, já passaram por muitos desafios, mas também por muitos momentos bons e felizes que os fizeram crescer tanto na relação como pessoa. Outro desafio além da distância entre eles, foi da aceitação das famílias, sempre se apresentavam como sendo o ''amigo'' um do outro, mas no fundo já sabiam que eles eram além disso, até que aos poucos foi tudo sendo explicado e entendido, com o amor prevalecendo sempre.

Hoje ambos podem se chamar de ''meu namorado'' e para muitos parece ser algo bobo poder chamar alguém assim na frente de todos, ou até poder demonstrar afeto sem se preocupar com o que está parecendo, mas só eles sabem a importância e o valor que isso tem. ''Poder ser tão transparente com tudo e com todos sem ser julgado simplesmente por ser quem é ou gostar de quem realmente você gosta é uma sensação de liberdade que toda pessoa e relacionamento LGBTQI+ deveria poder experimentar e viver.'' Assim finalizam sua história contada.

Maria Julia & Vitor

Já a história desse casal que considera justa toda e qualquer forma de amor, começou em Junho de 2017, quando o universo deu um jeito de apresentar um para o outro também no Tinder e no meio de tantas pessoas, desde o primeiro dia, conversaram por horas e mais horas seguidas e a conversa só fluía desde então. Até que o primeiro encontro foi por coincidência no dia dos namorados, algo rápido durante o intervalo de trabalho da Maju (porém se transformou em algo inesquecível pois essa data ficou marcada como o dia deles duplamente especial).

Deu pra conversaram sobre muitas coisas apesar do pouco tempo, tudo estava extremamente agradável e com aquela sensação de que já se conheciam há muito tempo atrás. Conversa vem e vai e sem menos esperar, sabe aquela cena de filme que o mundo para por um tempo quando acontece o primeiro beijo? Então, foi exatamente assim segundo eles. Ficando assim completamente apaixonados um pelo outro e a Maju lembra até hoje de todos os detalhes desse dia.

No mês seguinte, como presente de aniversário pra Maju, foram passar alguns dias em Joinville - SC, para realizar seu sonho que era referente ao maior festival de Dança do Mundo do Bolshoi. Nessa viagem, Vitor oficializou o pedido de namoro (que já era namoro) de uma maneira muito romântica e especial como tudo estava sendo entre eles. E nesses 3 anos juntos foram construídos muito companheirismo, respeito e muito, muito amor, sendo já realizadas e vivenciadas muitas experiências e uma delas é a Academia de Dança do casal, a Arabesque, que traduz todo o carinho e a dedicação de quando fazem algo juntos. Por fim, é um relacionamento sereno e verdadeiro, com planos e sonhos em sintonia, caminhando um do lado do outro nos mesmos passos diante do futuro, acreditando que a história deles está só começando ser contada...

Sabryne & Kathleen

Sempre acreditaram no amor e sempre quiseram viver uma história de amor tranquila como a delas. Apesar de não fazer tanto tempo assim que estão juntas, aprenderam que realmente o tempo não tem nada a ver com os sentimento que duas pessoas podem criar uma pela outra. Se conheceram nesse ano mesmo, o ano em que tudo está ''coisado'', em que planos deram errado ou foram pausados por causa da pandemia, mas com certeza isso foi a melhor coisa que aconteceu de bom pra elas durante esse despertar do mundo. No começo até se falaram que não queriam nada a sério, mas sabe como é né? O afeto afetou!

 

Hoje não conseguem ficar muito tempo longe uma da outra e isso realmente acontece quando se apaixona e ama alguém. Elas sempre quiseram estar com alguém que não tenha medo de amar, alguém que não faça com que tenham medo de ser quem são, do jeito que são e que principalmente aceitem como são, com todas qualidades e defeitos. Acreditam que todo relacionamento deveria ser como o delas leve, simples e verdadeiro e que fosse respeitado, tanto por quem vive ele quanto por quem o vê de fora.

''É muito triste andar de mão dada na rua e receber olhares de julgamento; ou ver as pessoas olhando pra você e sussurrando alguma coisa pra alguém porque viu você fazendo um carinho ou outro na tua namorada em público. Coisas assim, às vezes, nos fazem ficar com vergonha e até com receio, como se amar alguém e distribuir carinho fosse errado. E o mais triste ainda, é quando o julgamento e a não aceitação vem de casa, que é do primeiro lugar que deveria vir, junto com empatia e respeito. Seria tão mais fácil se todo mundo entendesse que Amor é Amor e pronto! Que não importa se é uma mulher que ama outra mulher, se é um homem que ama uma mulher ou um homem que ama outro homem. É Amor igual, e não tem nada de errado em amar e se você acha que é errado, talvez quem esteja precisando de amor seja você a começar por você mesmo.''

E agora que elas tem uma, esperam que sempre tenham orgulho de andar de mãos dadas e dando beijinhos por aí, mostrando para o mundo todo que se amam sim e que preconceito nenhum vai mudar isso muito menos a história linda delas contada.

Para esse projeto fotográfico foram tomados todos os devidos cuidados para a proteção  e o bem de todos, agradecimento ao Fernando Roberto por fazer tudo acontecer comigo.

12 Jun 2020

{Toda Forma De Amor} Especial Dia Dos Namorados

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Quem viu também curtiu

14 de Set de 2017

{Filme} Kally Ágatha Fotografia

09 de Mai de 2021

{As 5 Gerações} Especial Dia Das Mães

10 de Mai de 2020

A Maternidade Real na Realidade Atual

Hey, em que posso ajudar? Sinta-se a vontade em me dar um olá por aqui! ❥
Logo do Whatsapp